segunda-feira, 24 de setembro de 2012

em minúsculas

escrevo sem maiúsculas. é uma revolta contra as normas e não um atropelo gratuito. isto não basta para um manifesto, mas para muitos parece ser suficiente.

Sem comentários:

Enviar um comentário